sábado, 23 de outubro de 2010

Análise Jogos: Blood (1997)


Se você está lendo esse review é porque eu estou morto...

...morto de vontade de jogar Fallout New Vegas!

Sim, eu já tenho o jogo e fico no vício incessante quando estou em casa, mas isso não me priva do direito de estar com vontade nesse exato momento.

E não há nada melhor que começar um texto de um review utilizando uma piada sem graça, não concordam? ha ha ha!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Análise Jogos: Alan Wake (2010)


Hello, again. Dessa vez voltei mais rápido que o de costume, não é?

Decidi ultimamente que preciso melhorar tudo relacionado a minha força de vontade.

É, pode soltar um "Você só viu isso agora?". Eu deixo.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Análise Jogos: Metro 2033 (2010)


Rélou, pípou! Aqui estou novamente, finalmente e fixamente (assim espero) de volta após seis longos meses de extrema agonia e abstinência da parte de vocês!

...

OK, nem tanto assim. Ainda não cheguei em nenhum momento postar com a frequência necessária para isso.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Análise Jogos: Descent II (1996)

Capa em português! Preciso achar onde tá o meu, a capa era a mesma.

Ói eu de novo! Nada como usar o fim de semana pra coisas úteis.

Ou inúteis, já que não há nada de útil em atualizar um blog... ou em ter um blog.

Na verdade essa porra só toma meu tempo e nunca irei pra lugar algum escrevendo posts gigantes sobre qualquer diabo que seja.

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Análise Jogos: Descent (1995)


Ei, crianças. Estou de volta após 2 meses sem dar nenhuma justificativa.

E continuarei sem dar a justificativa. Fiquem no "I wonder".

Rá!

sábado, 2 de janeiro de 2010

Análise Jogos: Especial Wolfenstein Parte 3 - Return to Castle Wolfenstein: Tides of War (2003) & Wolfenstein (2009)


Primeiramente feliz 2010 aos meus poucos leitores. Que todos tenham saúde, dinheiro, família unida e outros "blá, blá, blás" falsos que pessoas só prometem na virada do ano.

Legal esse recurso de cortar. Posso falar qualquer coisa ironicamente que irão entender. What awesome!

Darkest of Days é um bom péssimo jogo, que tentou não tentou ser comédia com o tema de viagem no tempo. No fim ele é excelente uma droga.

OK, chega.

Mas enfim, lá vamos nós finalmente finalizar (finalmente finalizar? Er...) esse especial.